5 filmes sobre inclusão que podem ser trabalhados nas aulas

5 filmes sobre inclusão que podem ser trabalhados nas aulas
6 minutos para ler

 

O respeito à diversidade é um tema de suma importância nas escolas. A partir dele, a comunidade escolar pode conviver em harmonia e garantir que todos os alunos sejam acolhidos e possam se desenvolver plenamente. Nesse sentido, o cinema é um ótimo aliado para a área da educação, pois os educadores podem usar os filmes sobre inclusão para trabalhar o assunto em sala de aula.

Uma das principais vantagens do cinema é representar os mais variados temas, sendo capaz de atingir todos os públicos. Os filmes contextualizam situações corriqueiras do dia a dia, o que ajuda crianças e adolescentes a enxergá-las por prismas diferentes, abrindo espaço para debates e mudanças de comportamento.

Neste post, vamos trazer uma lista com os principais filmes que abordam a inclusão. Confira!

1. Janela da Alma (2001)

No formato de documentário, a produção dos diretores João Jardim e Walter Carvalho traz o relato de vida de 19 pessoas com deficiência visual, do nível leve ao mais avançado. A sua proposta é falar sobre o olhar de uma maneira sensível e menos relacionada ao espectro exterior.

Os participantes do documentário falam abertamente sobre como veem a si mesmos e os outros e como percebem o mundo ao seu redor. Personagens ilustres, como o cineasta Win Wenders, o escritor José Saramago e o músico Hermeto Paschoal, dão depoimentos pessoais sobre visão.

De modo simples, a obra sugere que a sociedade em geral, ainda que tenha a capacidade de ver, tem deixado de enxergar aquilo que está visível aos seus olhos. Em ‘’Janela da Alma’’, os alunos podem ter uma percepção mais sensível sobre a visão e como ela afeta a vida das pessoas que enxergam bem ou mal.

2. Cordas (2014)

O curta animado produzido na Espanha arrebatou milhões de espectadores pelo mundo, o que lhe garantiu o ‘’Prêmio Goya’’ de melhor curta-metragem de 2014. De uma forma envolvente, a animação retrata a amizade entre duas crianças: a amorosa e prestativa Maria e Nicolás, seu novo colega de classe, que tem paralisia cerebral.

Ao notar as limitações do colega, a garotinha faz tudo o que está ao seu alcance para que ele possa se divertir e brincar tanto quanto o restante da turma. Para isso, ela reconfigura e recria jogos e atividades populares no universo infantil, tornando-os acessíveis para qualquer pessoa.

Entre uma cena e outra, a estudante celebra a vida do amigo, aprende e ensina ao mesmo tempo, emocionando os espectadores com o sonho e a conquista de uma amizade verdadeira.

Este é um filme indispensável para debater com a sua turma sobre a importância de acolher as pessoas que possuem necessidades especiais e assegurar que elas tenham as mesmas oportunidades que os demais alunos.

3. Intocáveis (2011)

A história gira em torno de Philippe, um homem rico que, após sofrer um acidente, tornou-se tetraplégico. Para facilitar o seu cotidiano, ele decide contratar uma assistente — que no caso é Driss, um jovem negro e de baixa renda sem nenhuma experiência como cuidador.

A convivência entre os dois acaba mudando a vida de ambos, uma vez que trilham uma jornada de aprendizagem mútua. Com bom humor, o assistente contribui para que Philippe resgate a sua identidade e autoestima, o que acontece a partir do cuidado com as deficiências do personagem, mas sem deixar suas potencialidades de lado.

Nessa produção, os professores podem falar sobre inclusão de uma forma divertida, já que há diversas cenas de humor, bem como da conexão entre as pessoas, que é capaz de permitir um recomeço para quem acredita que a sua condição o impede de viver o melhor da vida.

4. Uma Lição de Amor (2001)

O enredo de ‘’Uma Lição de Amor’’ fala de Sam Dawson, um homem que tem deficiência mental e é pai de Lucy. Quando completa 7 anos de idade, a menina começa a ter o mesmo nível intelectual que o pai. De olho nessa situação, uma assistente social quer tirar a guarda do pai e internar a pequena Lucy em um orfanato.

No desenrolar do filme, você acompanha uma briga judicial que discute qual é o papel do pai e se, mesmo com limitações intelectuais, Sam pode continuar sendo responsável pela sua filha. A trama é uma boa alternativa para discutir sobre a relação das pessoas com deficiência com a família e sua capacidade de assumir responsabilidades.

5. Extraordinário (2017)

Emocionante, o filme ‘’Extraordinário’’ é baseado no livro de mesmo nome de R. J. Palacio, que narra a vida de Auggie Pullman, um garoto de 10 anos que já passou por 27 cirurgias plásticas devido ao fato de ter nascido com uma deformação facial, causada pela síndrome de Treacher Collings. Ao começar a frequentar a escola regular, o personagem passa a conviver, pela primeira vez, com outras crianças da sua idade.

Logo no início, Auggie se sente deslocado, com a sensação de que é observado e avaliado constantemente. Mesmo se esforçando para se encaixar à sua nova realidade, o personagem precisa lidar com o bullyng e o preconceito, mas tudo muda quando a comunidade se junta para defendê-lo.

A obra cinematográfica pode ser utilizada nas escolas para estabelecer uma conversa sobre as consequências do bullying e a importância do amor e da gentileza nas famílias e no ambiente escolar.

Mais do que uma fonte de diversão, o cinema é também uma ferramenta para promover descobertas e aprendizagem sobre temas recorrentes na sociedade, tendo em vista que faz uso de histórias impactantes e surpreendentes, que conseguem gerar reflexão e comoção em pessoas de todas as idades.

A apresentação de filmes sobre inclusão nas aulas auxilia os educadores a aproximar os estudantes de realidades que são diferentes da sua — fator indispensável para estimular o senso crítico e a conscientização.

Quanto mais os jovens aprendem sobre diversidade, mais facilidade terão para lidar com as situações da vida real, tratando os colegas sempre com respeito, independentemente de quais sejam as suas condições. Assim, a escola se torna um ambiente acolhedor e capaz de potencializar o desenvolvimento saudável dos alunos.

Gostou deste post? Assine a nossa newsletter agora mesmo para receber outros conteúdos exclusivos no seu e-mail!