performance da escola no Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio não é apenas mais uma prova para avaliar o conhecimento dos alunos. Além de servir como seleção para o Ensino Superior, também “classifica” as escolas de acordo com o desempenho de seus estudantes. Desse modo, para se tornar uma instituição de ensino de referência é preciso muito foco no aprimoramento da performance no Enem.

A atual estrutura desse exame exige habilidades por áreas de conhecimento, como: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Matemática e Linguagem e Códigos. Assim, conhecer bem cada matriz já é um importante passo no desenvolvimento dos estudantes. Nesse momento, cabe aos diretores e professores alinharem os objetivos da escola aos do Enem.

Quer melhorar a performance da sua instituição de ensino no Enem, ajudando a desenvolver as habilidades de seus alunos? Então, continue a leitura do texto e descubra estratégias que podem ajudar você nesse processo. Confira!

Gestão Escolar Saudável

Entenda o papel da escola

Mesmo com o MEC não divulgando mais o ranking das melhores escolas do país, quando um estudante se sai muito bem no exame ou quebra recordes, automaticamente a imagem da escola a qual pertence o aluno é impactada. Sendo assim, todas as instituições de ensino buscam elaborar um bom projeto pedagógico para ganhar destaque e mostrar que é eficiente.

Antes de dar início ao processo de melhoria no ensino, é importante que a escola saiba em que setor estão as maiores dificuldades de seus alunos. Avaliar o desempenho nas provas anteriores pode ser fundamental para entender os pontos fracos e os pontos fortes do método de ensino utilizado atualmente. A partir disso, mantenha o foco nas áreas mais deficientes e procure soluções pertinentes.

Um planejamento deve ser montado para curto, médio e longo prazo. Deve também ser contínuo e acompanhar os alunos durante toda a vida escolar. No planejamento deve estar definido o que será aprendido, de que forma e com qual finalidade. Por isso, quanto mais cedo for implantado, mais cedo os frutos serão colhidos.

Escolha uma plataforma de ensino moderna

A plataforma de ensino adotada em sua instituição escolar deve ser inovadora, unindo os elementos da educação tradicional aos novos conhecimentos exigidos no Enem. Afinal, um currículo escolar completo deve contemplar as habilidades cognitivas e socioemocionais e utilizar a tecnologia como meio de auxílio ao aprendizado, de modo a fornecer uma melhor experiência acadêmica para os estudantes.

Os avanços tecnológicos permitem o uso de novas ferramentas para fornecer aos estudantes diferentes formas de aprendizado — além do material didático. Assim, levando em consideração que cada aluno tem um ritmo próprio de aprendizagem, a tecnologia deve ser empregada para promover o crescimento e fornecer uma experiência educacional mais adequada, propondo situações reais e objetivas.

Adote um material didático voltado para o Enem

O material didático escolhido deve abranger o modelo tradicional de ensino de forma contextualizada, relacionando os temas apresentados com o dia a dia do aluno. Desde a Educação Infantil, o estudante deve experimentar tudo o que é visto em sala de aula, assim, o aprendizado se torna muito mais fácil.

Diferentes propostas de ensino precisam ser encontradas no material didático, como: interdisciplinaridade e cidadania. Alguns modelos de material didático possuem, inclusive, ferramentas voltadas exclusivamente para os conteúdos cobrados no Exame Nacional do Ensino Médio e sua contextualização na nossa realidade atual.

Desenvolva as habilidades socioemocionais dos alunos

O diretor escolar deve estar atento às novas exigências que têm surgido na vida de seu corpo docente. Segundo divulgado em pesquisa pela TIC KIDS em 2016, cada vez mais crianças e adolescentes consomem diariamente grande número de informações pela internet. Isso demonstra que apenas os conhecimentos acadêmicos tradicionais não são mais suficientes. Para que um estudante se desenvolva por completo, elementos complementares como a tecnologia precisam estar presentes.

Comunicação, criatividade e trabalho em equipe são hoje primordiais para que alguém alcance sucesso pessoal e profissional. E as aulas tradicionais não conseguem suprir mais essa necessidade. As habilidades socioemocionais podem ser desenvolvidas desde o Ensino Fundamental, abrangendo habilidades que envolvam, por exemplo, relacionamento interpessoal, proatividade, pensamento crítico e perseverança.

Estimule a leitura e a escrita

O formato atual do Enem avalia se o estudante tem capacidade de resolver questões que envolvam toda a educação que foi adquirida durante o Ensino Médio. Sendo assim, o estudante precisa usar as suas habilidades simultaneamente — e aqui a interpretação de texto é fundamental.

Se você pretende melhorar a performance da escola no Enem, estimule a leitura e a escrita. O aluno vai precisar estar atualizado com o que acontece atualmente e ainda saber entender o que é pedido no exame. Além disso, a redação é uma parte muito importante do Enem.

Cinco competências são analisadas em uma única prova de redação no Enem. O estudante precisa dominar a norma-padrão da língua portuguesa, compreender a proposta, selecionar as informações relevantes, construir uma argumentação e propor intervenção. Todas essas habilidades somente serão alcançadas por meio da leitura e da escrita, que devem ser treinadas ao longo do ano letivo.

Trabalhe a contextualização

Os alunos precisam manter-se atentos aos acontecimentos atuais. Isso será necessário tanto para a prova quanto para a redação do Enem. Por isso, é fundamental que os estudantes saiam da escola com um pensamento crítico desenvolvido e também preparado para organizar e expor suas ideias. Isso ajudará a melhorar a performance da instituição de ensino no Enem. E, em um futuro próximo, fará com que tenhamos indivíduos mais conscientes.

Os simulados são perfeitos para testar a capacidade dos estudantes de interligar e contextualizar diversas disciplinas em uma única questão. Por meio dos simulados, os alunos podem se auto avaliar de acordo com os resultados obtidos em cada competência, e a instituição de ensino, juntamente ao professor, podem acompanhar o desempenho de cada turma, reajustando seu plano de ensino sempre que necessário.

É fundamental que algumas pessoas se envolvam no projeto de melhoria da performance da escola no Enem: os diretores, que devem unir a pedagogia às necessidades econômicas das instituições de ensino; os professores, facilitando a comunicação e a transmissão de informações; os pais, que podem acompanhar e auxiliar no desenvolvimento dos filhos e, é claro, os alunos, que precisam entender a importância da educação. Todos devem sentir-se estimulados.

Você ama educação e quer se manter atualizado? Assine a nossa Newsletter para receber outros conteúdos e novidades que podem ajudar no desenvolvimento da sua escola!

Eleva Plataforma
Eleva Plataforma

Comments (2)

  1. Como faço para assinar a Newsletter?

    1. Eleva Educação

      Olá Graziela, boa tarde! Para assinar a nossa Newsletter, basta acessar https://blog.elevaplataforma.com.br/ e, na própria página inicial, cadastrar seu e-mail no banner laranja “Assine agora e receba sempre as melhores dicas para sua escola!” e apertar o botão “Enviar”. Esperamos que a explicação tenha ajudado! Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Shares
Share This