Quais são os maiores desafios de ser professor nos dias atuais?

Quais são os maiores desafios de ser professor nos dias atuais?
6 minutos para ler

Há cerca de 20 anos, o papel do professor nas escolas era, basicamente, dominar e se ater ao conteúdo esperado, transmiti-lo em sala de aula, corrigir provas e preparar os alunos para a faculdade. Atualmente, essas funções ainda existem, mas de forma muito mais amplificada. Por isso, há mais desafios de ser professor nos dias atuais.

Pensando nisso, preparamos este post onde abordamos por que é tão desafiador encarar a rotina de ensino nos dias de hoje, além de explicar quais são os principais desafios que o professor enfrenta e o que é preciso para superá-los. Boa leitura!

Por que é tão desafiador ser professor na atualidade?

Anos atrás, o papel do professor consistia somente em transmitir o conhecimento em um sentido hierárquico de um para todos, dentro da sala de aula. Porém, isso já ficou para trás.

Com o avanço da tecnologia em todos os setores da sociedade, inclusive na educação, surgem novas formas de ensino e o uso de outras ferramentas mais prioritárias do que as tradicionais apostilas. Além disso, os alunos não são os mesmos. Nascidos em um contexto digital e em um mundo que tem pressa, eles esperam por um ensino diferente e mais interessante.

Por essa razão, os desafios de ser professor nos dias atuais são muito maiores, o que torna necessário conhecer esses desafios para se preparar e superá-los, a fim de continuar a missão de ensinar.

Quais são os maiores desafios de ser professor nos dias atuais?

Os desafios de ser um docente na atualidade são variados. Alguns, já conhecidos, ficaram mais difíceis, enquanto há outros obstáculos completamente novos. Veja alguns exemplos a seguir.

Alunos completamente conectados

Os alunos de hoje pertencem à geração z e à geração alpha. Isso significa que eles cresceram ou já nasceram com a tecnologia em mãos. Por isso, são amplamente conectados e, geralmente, têm seus próprios smartphones.

Sendo assim, um grande desafio do professor é utilizar essa facilidade de usar ferramentas digitais e direcioná-la para o aprendizado, além de evitar que o aluno use seus dispositivos para interesse próprio em classe. Para isso, uma boa solução é contar com plataformas de educação.

Dificuldade de engajamento

É cada vez mais difícil alcançar o engajamento do aluno nos conteúdos a serem aplicados, seja pela dificuldade de compreensão, o tempo de aula ou o interesse no assunto. Sendo assim, uma boa forma de mantê-lo atento é adotando formas diferentes de ensinar, como as metodologias ativas.

Diferentes perfis em sala

Atualmente, fala-se mais sobre os diferentes perfis de estudante. Nesse caso, eles não só contam com backgrounds diferentes, mas também têm pensamentos e modos de vida diversos. Portanto, cabe ao professor respeitar as particularidades de cada um e encontrar uma forma de manter cada pessoa engajada na aula proposta.

Necessidade de diversificar as atividades

A geração atual perde o interesse muito fácil. Livros com textos muito longos já não são tão interessantes para quem consome vídeos diariamente. Sendo assim, um desafio do professor é diversificar as atividades propostas, usando recursos que estão a seu alcance para tornar o conteúdo interessante e compreensível. Nesse caso, é possível usar, por exemplo, estratégias de gamificação.

Quais são os maiores desafios de ser professor nos dias atuais?

Adaptação a diferentes formas de ensino

Com as escolas inserindo cada vez mais tecnologia no dia a dia, a tendência é que os professores possam otimizar processos e se organizar melhor. Porém, para quem está acostumado ao antigo diário de classe em papel, o próprio processo de modernização é um desafio.

Sendo assim, é importante que o educador tenha vontade de aprender as novas soluções, a fim de acompanhar essa nova escola que está surgindo. Isso porque o uso de tecnologias não tem volta e, para realizar seu trabalho, é necessário utilizá-las.

Desvalorização da profissão

Apesar das inúmeras mudanças na escola ao longo dos anos, a valorização dos professores ainda é um grande desafio. Seja por razões de salário, trabalho extra e os já conhecidos desafios em sala de aula, é fácil se sentir desmotivado.

Portanto, é importante que o educador busque um equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional, a fim de manter-se bem em sua missão de educar. Além disso, é fundamental manter uma boa comunicação com a escola e os alunos para que os outros processos possam funcionar e melhores condições possam ser alcançadas.

O que é preciso para superar os desafios e ser um professor de excelência?

Como você conferiu, os desafios de ser professor nos dias atuais não são poucos e nem fáceis. Sendo assim, é importante superá-los para que você possa seguir em sua missão de ensinar e colaborar na formação de novos cidadãos. Para isso, é possível buscar alguns fatores essenciais. Saiba quais são eles.

Paciência

Sem paciência, não é possível lidar com as mudanças tecnológicas, as exigências de um novo ensino, os desafios dos alunos e o dia a dia na escola junto à coordenação. Portanto, uma dica é procurar desenvolver a paciência e enxergar tudo com naturalidade, tentando se adaptar rapidamente e usar tudo o que puder para facilitar a rotina e não se sobrecarregar.

Empatia

Os alunos desta geração não conseguem aprender como você, provavelmente, aprendeu. Saturados de informações e distrações, eles também assumem um novo papel, em que são protagonistas de seu processo de aprendizagem e contam com mais responsabilidades em um mundo de trabalho em constante mudança e mais inseguro.

Sendo assim, vale a pena desenvolver a empatia e procurar caminhos para que os alunos assumam seu papel com maturidade e possam fazer boas escolhas.

Recursos

Além de aprender a usar os recursos disponíveis, é importante também manter uma ponte com a escola para que se possa ter acesso a eles. Afinal, como professor de uma nova forma de ensino — o Novo Ensino Médio —, será preciso ter capacitação e ferramentas disponíveis para exercer um bom trabalho. Portanto, é preciso que haja uma grande parceria entre a gestão e o corpo docente.

As dificuldades já existiam no passado, mas os desafios de ser professor nos dias atuais são outros e muito mais exigentes. Afinal, o mundo está mudando e cobrando que professores, gestores e alunos se adaptem rapidamente. Dessa forma, é importante que o professor esteja pronto para buscar soluções e vencer essas situações, de modo a assumir o seu papel de educador com mais qualidade.

O que achou deste post? Assista agora ao episódio 1 do Café com Prof especial Mês dos Professores!