O que você precisa saber sobre a educação bilíngue?

educação bilíngue
6 minutos para ler

A educação bilíngue é uma das tendências pedagógicas que vem ganhando espaço no contexto escolar brasileiro. Isso se deve principalmente ao fato de ela preparar os estudantes para dominar uma segunda língua. Além disso, ela traz diversas vantagens que impactam a sua formação e o seu futuro profissional.

Uma vez que é algo relativamente novo no Brasil, essa modalidade de ensino ainda traz dúvidas para donos de escolas, diretores e educadores. É importante entender o conceito para aplicá-lo com eficácia e oferecer uma educação verdadeiramente bilíngue.

Por isso, elaboramos este artigo para apresentar os principais aspectos sobre a educação bilíngue. Explicaremos o que é, como funciona, quais são os seus desafios, a sua importância e alguns benefícios. Continue lendo e descubra essa possibilidade de ensino.

O que é e como funciona a educação bilíngue?

A educação bilíngue se caracteriza por permitir a imersão dos alunos em uma segunda língua, sem deixar de lado a materna. Não precisa ser uma estrangeira; libras ou línguas indígenas também são opções válidas. Entretanto, a maioria dos pais busca um idioma usado internacionalmente, como o inglês.

Isso significa que a escola oferece aulas em língua portuguesa e em outro idioma. Então, é comum a carga horária ser maior. Os conteúdos de algumas disciplinas, como Matemática, História, Geografia, Ciências Naturais e Artes, são ensinados na língua-alvo.

Assim, os alunos conseguem desenvolver suas competências linguísticas de maneira ativa. Utilizando o segundo idioma no dia a dia, aprendendo a pensar em outra língua, permite que eles atinjam um alto nível de proficiência.

Quais são os desafios dessa tendência no mundo contemporâneo?

Como mencionamos, a educação bilíngue se tornou uma tendência principalmente por permitir que os estudantes usem uma língua tão bem quanto a materna. Em um mundo globalizado, isso é um fator-chave para o seu sucesso profissional.

Desse modo, sua implementação precisa ser muito bem pensada para ser bem-sucedida, pois é uma tarefa complexa. É necessário contar com corpo docente qualificado e especializado no assunto, metodologia adequada e um bom material didático para a escola, que esteja de acordo com essa proposta de ensino.

Para que esse método seja eficaz, os educadores também precisam saber como realizar a avaliação da aprendizagem. Assim, eles verificam se as estratégias adotadas atingem os objetivos e identificam tanto as dificuldades dos estudantes como as maneiras de ajudá-los a superá-las.

Despertar o interesse dos alunos

É necessário despertar o interesse dos alunos e fazer com que eles tenham uma postura participativa durante as aulas. Caso contrário, eles terão dificuldade para usar a segunda língua e absorver os conteúdos, podendo ser desestimulante e prejudicar seu aprendizado.

Isso é um grande desafio para qualquer educador. Como os estudantes estão expostos a uma grande quantidade de estímulos no dia a dia, surge a necessidade de usar técnicas cada vez mais inovadoras para ganhar sua atenção.

Desenvolver diversas habilidades

Outro ponto desafiador para os educadores é o fato de a educação bilíngue ir muito além de dominar uma língua estrangeira. Um estudo publicado pelo National Center for Biotechnology Information, por exemplo, indica que o idioma usado por uma pessoa pode influenciar sua maneira de pensar.

Além disso, esse método tem um papel relevante na formação do indivíduo e contribui para o desenvolvimento de competências socioemocionais. Por exemplo, como os alunos são expostos à diversidade, eles aprendem a enxergar o mundo sob mais de uma perspectiva, tornando-se mais receptivos ao diferente.

Por isso, essa metodologia exige atenção extra da equipe pedagógica para que todo o seu potencial seja aproveitado, transformando a nossa sociedade e beneficiando diversas áreas das vidas dos estudantes.

Por que esse modelo de educação é tão importante?

Esse modelo de ensino traz diversos benefícios para os alunos. Por meio dele, os educadores ajudam os estudantes a desenvolverem competências que os tornam capazes de lidar com as demandas impostas pelo mundo globalizado. Veja a seguir as suas principais vantagens.

Desenvolve as habilidades de comunicação

Com uma metodologia adequada, os alunos aprendem a se comunicar melhor, até mesmo, na língua materna. Como um dos principais focos da educação bilíngue é o aprendizado do segundo idioma, ela naturalmente estimula os estudantes a se expressarem e interagirem.

Para atingir esse objetivo, os educadores podem adotar técnicas que incentivem a comunicação e a criatividade. Assim, os alunos se sentem mais livres para se expressarem e aprendem a se comunicar uns com os outros.

Possibilita o aprendizado de um novo idioma

Há excelentes escolas de idiomas em todo o Brasil, porém, o ensino oferecido por uma escola bilíngue é mais profundo. Isso acontece porque a língua estrangeira é aprendida de maneira semelhante à materna e os estudantes aplicam o que aprendem no seu cotidiano.

Por isso, o segundo idioma se torna essencial na rotina das crianças e adolescentes, em vez de ser apenas mais uma atividade extracurricular praticada em alguns momentos durante a semana.

Promove a autonomia

A educação bilíngue oferece um repertório linguístico e cultural mais amplo. Isso ajuda as crianças e os adolescentes a adquirirem autonomia, pois os educadores disponibilizam ferramentas que os permitem desenvolver o senso crítico, comunicar-se melhor e em mais de uma língua.

Amplia as oportunidades

Considerando todas as habilidades e competências desenvolvidas na educação bilíngue, os alunos têm mais oportunidades tanto na vida estudantil como na profissional. Dominar uma língua estrangeira, por exemplo, facilita os estudos no exterior ou no próprio país natal por permitir que o estudante compreenda e utilize materiais não traduzidos.

Sua formação também trará mais oportunidades futuramente, quando os jovens construírem suas carreiras, porque eles se tornarão profissionais completos. Isto é, além dos conhecimentos técnicos, eles terão habilidades socioemocionais, que são cada vez mais buscadas por empresas ao redor do mundo.

A educação bilíngue é uma das tendências de ensino que tem potencial para transformar a nossa sociedade. Os estudantes submetidos a essa metodologia vivenciam a imersão em uma língua distinta da materna, desenvolvendo habilidades fundamentais para se tornarem bons cidadãos e profissionais no futuro. Por isso, é importante compreendê-la.

Agora que você entende a importância da educação bilíngue, compartilhe este artigo nas redes sociais para que mais educadores conheçam esse método transformador!

O que você precisa saber sobre a educação bilíngue?Powered by Rock Convert