Como motivar o corpo docente a aceitar uma educação inovadora na escola?

Como motivar o corpo docente a aceitar uma educação inovadora na escola?
6 minutos para ler

O uso de recursos tecnológicos para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem está se tornando cada vez mais comum. A educação inovadora, uma forte tendência na área de Educação, ganhou ainda mais força em 2020, quando as escolas precisaram ficar fechadas.

Atualmente, a inclusão dessas ferramentas é uma necessidade, tanto para acompanhar as tendências pedagógicas, como para atender ao perfil diferenciado das crianças e dos adolescentes das últimas gerações. Por isso, professores e educadores precisam entender como explorar esses recursos para promover uma educação inovadora.

Você tem dúvidas sobre o que esse conceito significa e como é possível colocá-lo em prática? Os professores da sua escola não estão convencidos da importância dele?

Entenda melhor o que é educação inovadora, quais são os desafios e as possibilidades, como promovê-la e as principais vantagens oferecidas por ela.

O que é educação inovadora?

Por mais que, à primeira vista, o conceito remeta ao uso de tecnologias, a educação inovadora é muito mais do que isso. Partindo dessa proposta, as escolas buscam formas de se reinventarem para atenderem às novas demandas das crianças e dos adolescentes.

Para isso, os colégios se dedicam a transformar a maneira como os conhecimentos são construídos e abrir possibilidades para os alunos desenvolverem habilidades e competências que, geralmente, não são estimuladas por modelos tradicionais de ensino.

Na prática, isso significa, por exemplo:

  • evitar apenas aulas expositivas, incentivando a participação ativa dos estudantes;
  • propor projetos e oficinas que envolvam a aplicação de conceitos teóricos;
  • realizar atividades interdisciplinares, permitindo que os alunos vejam as conexões entre eles e tenham um aprendizado mais completo;
  • transmitir conteúdos de forma contextualizada, ou seja, mostrando a relação deles com o cotidiano dos estudantes;
  • elaborar novos formatos de avaliação;
  • promover o ensino individualizado.

Desse modo, as crianças e os adolescentes recebem uma formação integral, isto é, adquirem conhecimentos teóricos, técnicos e socioemocionais. Além disso, eles se sentem mais motivados no processo de ensino-aprendizagem, tornando-se mais engajados, o que leva a um desempenho e um aprendizado melhores.

Quais são os principais desafios da educação inovadora?

Um dos desafios da educação inovadora é, justamente, conseguir alcançar alunos com perfis tão variados e permitir que todos eles se desenvolvam, cada um ao seu modo e em seu próprio ritmo. Diante disso, alguns professores relutam em promover as mudanças necessárias por não saberem como atender a todos os estudantes.

Também devemos considerar as questões técnicas. Tanto os professores como outros profissionais da escola podem apresentar certa resistência à inclusão dessas ferramentas no ensino por não saberem como utilizá-las.

Além disso, alguns docentes não sabem como adaptar as suas aulas de modo a incluir esses recursos. Afinal, isso exige uma mudança considerável em práticas construídas e testadas ao longo de anos.

Também há professores que ainda veem essas ferramentas com certo ceticismo, acreditando que elas podem distrair os estudantes e atrapalhar o aprendizado.

Como motivar o corpo docente a aceitar uma educação inovadora na escola?

Como o uso de novas tecnologias pode ajudar?

Apesar dos desafios para adotá-las, as novas tecnologias devem ser encaradas como aliadas no processo de ensino-aprendizagem. Afinal, elas beneficiam tanto os professores como os alunos.

Há plataformas de ensino que possibilitam a implementação do ensino individualizado, por exemplo, permitindo atender às necessidades e dificuldades específicas de cada estudante. Além disso, oferecem uma visão detalhada aos professores para que eles acompanhem o desenvolvimento dos alunos.

Desse modo, o trabalho dos professores é otimizado e eles têm acesso a dados precisos e sólidos, que mostram o que podem mudar nas suas práticas pedagógicas para que elas sejam mais eficazes.

As tecnologias educacionais também tornam o aprendizado mais prazeroso e próximo do contexto dos alunos, por permitir que eles estudem a partir de dispositivos com os quais estão familiarizados. Assim, elas contribuem para aumentar o engajamento e motivá-los a darem o melhor de si nos estudos.

Como motivar os professores a implementarem essa tendência?

O processo de implementação pode trazer desafios e resistência, como já pontuamos. Por isso, ele deve ser muito bem pensado e envolver todos os setores e profissionais da escola para ser bem-sucedido. Veja algumas dicas de como fazer isso.

Entenda as necessidades dos alunos

Antes de começar a implementar a educação inovadora, é indispensável entender o perfil e as necessidades dos alunos. Assim, é possível escolher as ferramentas mais adequadas e pensar em estratégias que tenham mais chances de serem eficazes na sua escola. Consequentemente, os docentes sentem mais segurança para promover mudanças.

Ouça os professores

Isso é essencial, afinal, por mais que os docentes sigam as diretrizes da escola determinadas no projeto pedagógico, eles são os responsáveis por planejar as aulas e mediar o uso dos dispositivos pelos alunos no dia a dia. Então, faça questão de contar com a colaboração deles para realizar essa transformação no seu colégio.

Promova a capacitação do corpo técnico e docente

Independentemente dos recursos e ferramentas escolhidos como apoio para a educação inovadora na sua escola, é necessário que os professores e os técnicos saibam como utilizá-los. Assim, eles podem explorá-los da melhor maneira possível e se sentem mais confortáveis com a ideia.

Disponibilize a infraestrutura adequada

É fundamental garantir que os professores e os alunos tenham acesso a tudo o que for necessário para que as estratégias sejam executadas conforme o planejado, sem dificuldades nem problemas. Isso pode incluir uma boa conexão à internet, dispositivos eletrônicos, softwares e plataformas de ensino.

A Plataforma Eleva, por exemplo, oferece uma ampla gama de soluções para as escolas parceiras, pois é um sistema educacional completo e moderno. Ela disponibiliza material didático exclusivo contextualizado e atual para todas as fases do ensino básico (também em versão digital e interativa), ferramentas de acompanhamento de empenho e desempenho para os professores, gestão educacional, entre outros recursos.

As novas tecnologias podem ser aliadas valiosas para os professores que desejam promover a educação inovadora nas suas aulas. Para aproveitar os benefícios, é importante contar com os recursos certos, ter uma boa infraestrutura e orientações de quem entende do assunto para preparar a sua escola e fazer com que os docentes se sintam à vontade diante da transformação.

Entre em contato com a Plataforma Eleva e entenda como podemos ajudar a sua escola a promover uma educação inovadora!