Como a educação interativa pode ajudar a melhorar o engajamento dos alunos na escola?

Como a educação interativa pode ajudar a melhorar o engajamento dos alunos na escola?
6 minutos para ler

A participação ativa do aluno durante as aulas é fundamental para a construção do aprendizado. Porém, no modelo tradicional de ensino, em que o professor é o principal responsável por transmitir conhecimento, nem sempre ele se sente estimulado o suficiente para se envolver com o conteúdo. Nesse contexto, a educação interativa vem ganhando força nas escolas, pois utiliza a tecnologia para despertar o interesse e engajar os estudantes.

Em plena era da transformação digital, as crianças e adolescentes estão cada vez mais conectados com a internet e as suas ferramentas tecnológicas. Logo, é importante que as instituições de ensino saibam usar esses recursos no ambiente escolar, a fim de contemplar as características e necessidades da geração atual.

Quer saber mais sobre esse modelo de ensino? Confira, a seguir, como funciona a educação interativa na prática!

O que é a educação interativa?

A educação interativa caracteriza-se como uma metodologia que se baseia na tecnologia para promover a formação dos alunos, tendo como proposta a interação dos discentes com as ferramentas tecnológicas. Nessa abordagem, eles passam a ter papel mais ativo na aquisição do conhecimento, enquanto os professores atuam como condutores do processo de ensino-aprendizagem.

O método se destaca por focar na assimilação rápida e efetiva dos conteúdos lecionados, além de permitir que o estudante aprenda de maneira individualizada — fator que o ajuda a evoluir no curso de acordo com as suas necessidades e dentro do seu próprio ritmo. Mais do que uma alternativa para flexibilizar a vida do educando, trata-se de um recurso para facilitar a assimilação das disciplinas.

Vale ressaltar que a educação interativa não se resume ao uso da tecnologia, uma vez que também compreende outras atividades que potencializam o desempenho do aluno, como o desenvolvimento de projetos em equipe e demais eventos que estimulam a colaboração e participação ativa de todos.

Como funciona na prática?

Para estabelecer a educação interativa, a escola deve começar introduzindo as ferramentas que otimizam o aprendizado dos estudantes, como computadores e tablets. É importante que os educadores multipliquem as formas de lecionar, de modo que o aluno seja agente ativo na sua aprendizagem.

Em aulas que exigem um apelo mais visual, por exemplo, pode-se usar realidade virtual para explicar o conteúdo, o que atrai a atenção da turma e melhora a compreensão do assunto. Afinal, você consegue mostrar cada detalhe daquilo que está ensinando. Essa é apenas uma das possibilidades, pois o professor pode inovar de diferentes formas na apresentação dos temas.

Na metodologia interativa, o professor se posiciona como um provocador de inquietações, gerando oportunidades para que haja a participação e diálogo dos alunos e, consequentemente, a troca de experiências. Para além da tecnologia, a interação também pode estar presente em peças de teatro, passeios e demais atividade que tirem o discente do papel espectador.

Quais são as vantagens da educação interativa?

O processo de ensino-aprendizagem engessado, em que cabe ao educando sentar-se na cadeira e somente ouvir explicações intermináveis sobre as disciplinas, está defasado e não estimula o desenvolvimento das habilidades dos jovens. Em contrapartida, quando há mais interação, eles tendem a envolver-se mais com os conteúdos. Veja essa e outras vantagens da educação interativa.

Estimula a criatividade

No sistema tradicional de ensino, existe pouca abertura para que os alunos expressem a sua criatividade, haja vista que a maioria dos conceitos já foi preestabelecida e os professores têm o controle total da aula. Já na educação interativa, o educador usa estratégias específicas para abrir espaço para a participação deles, pois o objetivo principal é desenvolvê-los continuamente.

Sendo assim, a criatividade é incentivada o tempo todo a partir de tarefas que requerem pensamento lógico e diferenciado. Aqui, a tecnologia é uma excelente aliada para possibilitar novos caminhos para conceber ideias originais e testá-las na prática.

Melhora o engajamento dos alunos

Por meio de atividades inovadoras, a escola aumenta a curiosidade e interesse dos estudantes pelos temas apresentados. Com as ferramentas tecnológicas, é possível usar uma linguagem mais próxima da geração estudantil atual, como plataformas online, games e vídeos.

Uma vez que as crianças e adolescentes estão acostumados com esses elementos na sua rotina pessoal, encontram muito mais facilidade para explorá-los nas atividades escolares e aproveitar os seus benefícios em prol da sua formação.

Potencializa o aprendizado

A combinação atividades mais dinâmicas com o aumento do interesse dos alunos pelas aulas faz com que aprendam a lidar melhor com eventuais dificuldades que surjam no decorrer da jornada de aprendizagem. Mesmo os conteúdos que não são os preferidos dos educandos, acabam se tornando mais interessantes quando são interativos.

Outra característica da metodologia é favorecer a multidisciplinaridade, o que significa a integração dos conceitos utilizados em português, ciências, geografia, matemática e demais áreas estudadas. Também viabiliza o aperfeiçoamento de outros conhecimentos e habilidades, como a capacidade de trabalhar em equipe e comunicação interpessoal.

Estimula o desenvolvimento de novas habilidades

Ao participarem de aulas mais atrativas, que os tiram do lugar comum, os educandos têm a oportunidade de adquirir e desenvolver novas habilidades. Isso porque esse ambiente é mais propício a abordar conhecimentos que não são vistos no ensino convencional e que ajudam no crescimento estudantil e pessoal.

Nesse sentido, podemos citar as habilidades sociais, visto que o método propõe que os alunos trabalhem em conjunto para encontrar as melhores soluções para desenvolver projetos escolares. Por sua vez, a aplicação de recursos tecnológicos também contribui para que os jovens façam um uso ativo da tecnologia, deixando de ser apenas consumidores para atuarem como produtores.

Em suma, a educação interativa assegura o desenvolvimento completo dos discentes, pois estimula diferentes habilidades indispensáveis para o seu bom desempenho dentro e fora da escola, como capacidade de argumentação, organização e pensamento crítico.

A implementação da metodologia também faz com que a instituição de ensino seja um ambiente mais acolhedor, dinâmico e interessante para a comunidade escolar como um todo. Para migrar para esse modelo de aprendizagem com sucesso, é crucial contar com o apoio de uma empresa especializada no assunto, que ofereça tecnologias adequadas para as atividades e objetivos da escola.

Achou esse post interessante? Assine a nossa newsletter agora mesmo e receba mais conteúdos exclusivos no seu e-mail!