Descubra o que é letramento digital e como aplicá-lo nas escolas

letramento digital
6 minutos para ler

A tecnologia está cada vez mais presente nas práticas educacionais, contribuindo para a transformação do modelo tradicional de ensino. Embora a geração atual já tenha nascido em um mundo tecnológico, muitos alunos ainda apresentam dificuldades para usar os recursos digitais nos processos de aprendizado. Assim, é responsabilidade da escola trabalhar o letramento digital, que consiste em educar sobre o modo de ler, escrever e interpretar textos, códigos e sinais digitais.

Entende-se que a cultura digital está diretamente relacionada ao modo de pensar, às atitudes, aos valores e à forma como os significados são concebidos e compartilhados nas mídias virtuais. Nesse contexto, aplicar práticas de letramento digital em diferentes linguagens e gêneros, usando a diversidade de ferramentas e plataformas disponíveis, estimula a compreensão e produção dos discentes diante das novas tecnologias.

Quer saber mais? Confira, neste post, o que é e como trabalhar o letramento digital na sua escola!

O que é o letramento digital?

O termo ‘’letramento’’ nos remete ao processo de alfabetização, que decodifica o código linguístico, fazendo com que o indivíduo adquira a habilidade de compreensão de palavras e textos. Com isso, ele entende o contexto das produções textuais, sabe quando usar cada gênero e como produzir e interpretar discursos.

Portanto, pode-se dizer que letramento nada mais é do que a ‘’leitura do mundo’’, uma vez que permite que o aluno compreenda as variadas situações comunicativas que o cercam. Em se tratando do letramento digital, estamos falando da capacidade que uma pessoa tem de entender as situações de leitura e escrita que ocorrem dentro do contexto tecnológico.

Esse conceito promove o desenvolvimento dos conhecimentos, habilidades e comportamentos ligados aos recursos digitais e às práticas socioculturais, o que aprimora os sentidos e reflexões a respeito da humanidade e uso da tecnologia.

Quais são os objetivos do letramento digital?

Basicamente, o letramento digital tem como objetivo ensinar um conjunto de competências que possibilite ao discente entender aquilo que lê na esfera digital. Afinal, a leitura neste ambiente se difere da leitura em papel, o que interfere na assimilação do conteúdo.

Porém, vale ressaltar que a essa modalidade não trata somente da capacidade de leitura e escrita nas telas de computadores e celulares, incluindo também a utilização dos recursos tecnológicos relacionados, como filtros, localização e análises.

Em suma, esse processo de aprendizagem é semelhante a lecionar um novo idioma, já que a forma como as informações são disponibilizadas na internet é bastante diferente do que acontece em um livro, por exemplo. A linguagem digital apresenta códigos verbais e não verbais, como palavras, imagens, desenhos e demais símbolos.

Como aplicar o letramento digital na escola?

A implementação do letramento digital no currículo escolar é proposta pelo Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB) e deve seguir as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Ela trabalha atividades que visam contemplar o uso das ferramentas digitais e desenvolvam as habilidades e competências necessárias para interagir com o meio digital. Veja, a seguir, como aplicar o letramento digital.

Observe quais são as mídias mais usadas pelos estudantes

O primeiro passo é fazer uma pesquisa inicial para verificar quais são as preferências dos estudantes quanto às mídias que acessam. Essa resposta permite que você crie uma metodologia personalizada, que considere o conhecimento prévio dos alunos na hora de trabalhar a interatividade e o pertencimento às tarefas realizadas em sala de aula — o que gera mais engajamento.

Tenha objetivos claros

O que será ensinado em sala de aula deve ser pensado com cuidado, a fim de assegurar a participação e a conscientização de todos os grupos de alunos. Por isso, crie um planejamento com objetivos claros, como falar sobre ética, mídias e linguagens digitais e apropriação tecnológica, tendo em mente que todas essas questões parte da aprendizagem.

Estimule o pensamento crítico

Todos os dias, as crianças e os adolescentes acessam um enorme volume de informações na internet, o que pode resultar na expansão dos seus conhecimentos ou na sua desinformação. É essencial propor atividades que estimulem o pensamento crítico para que os jovens tenham discernimento para identificar e entender quais conteúdos são úteis para a sua formação enquanto estudante e indivíduo e quais são prejudiciais, como as fake news.

Elabore atividades que incentivem a criatividade

Ao dar espaço para a criatividade com tarefas em que os estudantes possam contribuir com os seus conhecimentos e opiniões, a tendência é que eles desenvolvam uma sensação de pertencimento.

Uma opção interessante é trazer para a sala de aula a cultura do remix, em que se cria algo novo a partir de algo que já existe, seja uma música ou um texto. Isso abre espaço para discussões sobre as mudanças de discursos e interpretações de acordo com a transformação do conteúdo.

Conte com uma infraestrutura adequada

As atividades desenvolvidas no processo de letramento digital exigem uma infraestrutura adequada, o que implica na disponibilização de um laboratório com computadores com conexão à internet e demais ferramentas que forneçam acesso ao ambiente digital.

Incentive a produção coletiva

O compartilhamento de informações e experiências é muito importante rico para enriquecer o conhecimento dos alunos. Diante disso, é altamente recomendado incentivar a produção coletiva, o que permite que um estudante aprenda com ou outro. Além disso, as produções podem ser apresentadas e debatidas em feiras culturais e oficinas.

Quais são as vantagens de aplicar esse conceito?

As transformações pelas quais a sociedade e o mercado de trabalho passam em decorrência do avanço da tecnologia exigem que os indivíduos dominem múltiplas habilidades. E essa é uma das principais vantagens do letramento digital, pois ele estimula a multidisciplinaridade e a cooperação entre diferentes áreas de conhecimento. Dessa maneira, os jovens são preparados para lidar com situações que solicitam essa habilidade na vida pessoal e profissional.

Ao participar de atividades coletivas, ter a oportunidade de expor as suas ideias e aprender a interagir e interpretar os conteúdos digitais, o aluno aperfeiçoa a sua capacidade de comunicação, tendo mais facilidade para estabelecer boas relações interpessoais, o que é indispensável para o seu crescimento social.

Mesmo nascendo em plena era da tecnologia e utilizando as mídias digitais diariamente, é comum vermos pessoas que não sabem como utilizar essas ferramentas de forma mais complexa. Ao passar pelo letramento digital, o estudante ganha autonomia, sabendo como aproveitar os benefícios oferecidos por esses recursos.

Como se vê, o letramento digital contribui para a adaptação das crianças e adolescentes à modernidade, formando indivíduos devidamente capacitados para interagir com as ferramentas digitais em todas as áreas da sua vida e com senso crítico sobre como usar a tecnologia ao seu favor

Quer saber mais sobre Tecnologia Humanizada? Clique aqui e baixe nosso e-book gratuitamente!

Descubra o que é letramento digital e como aplicá-lo nas escolas