6 formas de usar a ludicidade na Educação Infantil

6 FORMAS DE USAR A LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
6 minutos para ler

A educação infantil é uma fase muito importante na vida de toda criança, pois contempla a primeira infância, que vai até os seis anos de idade. Nesse período, o jovem passa por um grande desenvolvimento, absorvendo e conhecendo o mundo, além de desenvolver uma maior autonomia. Dessa forma, a ludicidade na educação infantil torna-se uma das melhores ferramentas para incentivar esse processo.

Neste post, você vai conferir quais são as vantagens de aplicar na escola e 6 formas de usar a ludicidade na educação infantil, além de entender como a Turma do Eleva pode ajudar nesse processo. Boa leitura!

A ludicidade na educação infantil e suas vantagens

Para começar, é preciso entender o que significa ludicidade. Segundo o dicionário Michaelis, a palavra é originada do latim ludus e significa algo relacionado a “jogos, brinquedos ou divertimentos”.

Na pedagogia, ludicidade se aplica ao uso de brincadeiras e jogos como instrumentos educativos. Dessa forma, as atividades lúdicas se relacionam a momentos de diversão na escola, mas planejadas pelos professores com o intuito de que tenham um significado e incentivem a aprendizagem.

Por meio delas, as crianças podem se expressar, interagir com outros colegas e ter sua criatividade e imaginação incentivadas. Assim, é possível alcançar diversas vantagens, como:

  • desenvolvimento cognitivo e motor;
  • prática de habilidades manuais e mentais;
  • aprendizado de conteúdos abstratos;
  • diferenciação entre realidade e fantasia;
  • abstração e memorização;
  • socialização.

6 formas de aplicar a ludicidade na educação infantil

Como há inúmeras possibilidades durante o uso da ludicidade na educação infantil, os educadores podem usar a sua criatividade para criar atividades diferentes, estendendo os jogos lúdicos, inclusive, para casa, onde podem ser continuados pelos pais.

A seguir, confira algumas das opções que podem ser aplicadas em sala de aula e em casa para a criança na educação infantil.

1. Dança

A dança é uma das melhores formas para incentivar a criança a valorizar a atividade física e ter consciência sobre o seu próprio corpo. E quando usada em coletivo, ela também ajuda a promover a socialização.

Ao dançar quadrilha, por exemplo, os pequenos podem trabalhar com pares e realizar movimentos em conjunto, como o “caracol”. Com isso, podem observar seu lugar no espaço e interagir com os colegas em prol de completar um objetivo — no caso, a coreografia.

2. Gincanas

As gincanas são ótimas atividades de ludicidade na educação infantil. Quando se trata de crianças menores, elas devem ser adequadas para a idade, como trabalhar com cabo de guerra, dança da cadeira, brincadeiras com bexigas e esportes olímpicos, por exemplo.

Dessa forma, além de aprender a socializar quando colocadas em times, elas também conseguem fazer associações entre as brincadeiras e seus resultados, bem como explorar os movimentos.

3. Caixa de sentidos

Na caixa de sentidos, o objetivo é que a criança relacione seu sentido de tato com o pensamento, tentando adivinhar qual é o objeto por meio de texturas. Para isso, a professora pode criar uma caixa, colocando um objeto por vez ou combinando itens para que cada criança adivinhe.

6 formas de usar a ludicidade na Educação Infantil

Essa brincadeira também pode ser estendida para outras sensações. Por exemplo: usando uma venda, a criança pode provar diferentes frutas e tentar adivinhar quais são. Ou ainda, com objetos que fazem ou remetem a sons, como chocalhos e conchas do mar, podem desenvolver a audição.

4. Fantoches

Dentre as brincadeiras de ludicidade na educação infantil mais conhecidas, os fantoches são alguns dos mais queridos. Afinal, as crianças podem explorar a ideia do faz de conta e fingir ser um dos personagens.

Além disso, relacionando-os a histórias, é possível absorver melhor a narrativa e trabalhar a atenção, já que existe um grande apelo visual, além de trabalhar com a memorização e a coordenação motora.

5. Contação de histórias

Outra atividade popular, a contação de histórias é muito importante durante toda a infância, pois é através dela que as crianças podem explorar novos mundos, conhecer personagens e aprender lições.

Para isso, é interessante usar livros variados e promover momentos de perguntas e respostas sobre as histórias. Outra forma legal de aplicar a atividade é convidando os pais a participar e contar histórias, bem como incentivar que as crianças tragam livros de casa e compartilhem com a turma.

6. Invenção de histórias

Para incentivar a criatividade e a imaginação, também vale a pena aplicar a invenção de histórias na educação infantil. Nesse caso, abordando-a na segunda fase da primeira infância, a partir dos três anos, a criança tem o pensamento estimulado, aprende a fazer conexões e desenvolve habilidades de invenção.

Além disso, também é uma forma de começar a incentivar a leitura, conhecer melhor as letras, praticar a escrita e adquirir habilidades de desenho e fala. Nesse caso, a professora pode pedir que cada criança invente um personagem e desenhe-o. Depois, que invente uma história curta para ele, tentando escrevê-la e contando para a sala, conforme a idade.

Turma do Eleva: uma ferramenta para aplicar a ludicidade

Além das atividades de ludicidade na educação infantil já aplicadas de forma tradicional, as crianças estão inseridas em um mundo tecnológico cada vez mais cedo. Por isso, também é interessante que as escolas explorem os recursos disponíveis para usar a gamificação como uma ferramenta lúdica.

Um exemplo é a Turma do Eleva, personagens que vivem situações parecidas com as dos alunos e acompanham seu crescimento e mudança para o ensino fundamental, figurando materiais didáticos especializados e jogos educativos para que a criança alcance um crescimento individual e social.

Décadas atrás, o ensino infantil não era uma prioridade para o ensino na escola. Hoje, ele é fundamental e ocorre por meio de práticas importantes, como a ludicidade na educação infantil.

Como nessa fase as crianças passam por um desenvolvimento intenso, que lhes permitem desenvolver-se de forma física, psicomotora e imaginativa, usar brincadeiras, jogos e recursos de gamificação são uma boa forma de sustentar o aprendizado, de forma que as crianças construam significados mais complexos a partir de cada atividade.

Gostou do nosso post? Fale com a gente e saiba como a Eleva pode potencializar a aplicação da ludicidade na educação infantil e outras etapas de ensino da sua escola!

6 formas de usar a ludicidade na Educação Infantil