Qual a importância da meditação para reduzir a ansiedade de adolescentes?

Qual a importância da meditação para reduzir a ansiedade de adolescentes?
6 minutos para ler

A necessidade de melhorar o desempenho escolar ou a escolha de um curso para prestar vestibular são apenas alguns dos fatores que provocam a ansiedade em adolescentes. Em uma fase da vida em que as grandes decisões começam a ser tomadas, é comum que o ser humano se sinta mais ansioso e com receio de fazer escolhas erradas. Diante disso, a meditação para ansiedade é uma poderosa aliada para trazer serenidade aos alunos da sua escola.

Cientificamente, a ansiedade é definida como o medo excessivo do futuro. No dia a dia dos estudantes, ela pode se manifestar de diferentes formas, como cansaço, mãos frias e suadas, coração acelerado e um receio fora do normal ao lidar com situações novas. Com a prática da meditação, os adolescentes focam em algo específico, a fim de tornar as suas ideias mais claras e tranquilas.

Ainda não estimula a meditação na sua escola? Acompanhe, neste post, como ela é importante para os adolescentes e como pode ser abordada nas instituições de ensino!

Como a meditação beneficia os adolescentes?

A meditação consiste em colocar toda a nossa atenção em único ponto. Ao realizar essa prática regularmente, a ansiedade tende a diminuir de forma gradual. Segundo uma pesquisa feita por neurocientistas de Harvard, a meditação reduz o estresse e pode mudar o nosso cérebro. Veja os benefícios da meditação para a fase da adolescência!

Diminui o medo de tomar decisões sobre o futuro

Uma das principais aflições de quem está no Ensino Médio é se preparar para o Enem e vestibular. Afinal, são duas coisas que podem interferir o futuro do estudante. Assim, muitos deles ficam com medo de não obter uma boa nota no Enem e, consequentemente, não conseguir a vaga tão esperada no curso superior do seu interesse.

Por meio da meditação, é possível ter mais controle sobre as nossas emoções e isso inclui o medo. O estudante entende melhor de onde está vindo o seu receio e o que pode ser feito para impedir que atrapalhe a sua fase de preparação para exames tão importantes.

Traz concentração e foco nos estudos

Dedicar-se aos estudos do vestibular ou sair com os amigos? É claro que as duas coisas são importantes, mas é essencial encontrar um ponto de equilíbrio entre ambas. Nesse contexto, as técnicas de meditação fazem com que os jovens tenham mais facilidade para definir o que e quando merece o seu foco, concentração e esforço. Assim, cada questão será resolvida no seu momento certo.

Proporciona desenvolvimento pessoal

Os trabalhos em grupo são eventos frequentes na vida escolar do adolescente e divergências de opinião sobre como algo deve ser feito, por exemplo, pode gerar conflitos que atrapalham o resultado final da atividade. Quando os alunos meditam, desenvolvem a paciência, tendo mais controle para agir sem partir para discussões e brigas desnecessárias, o que contribui para melhorar os relacionamentos na escola e na vida.

Além disso, é comum que diante de muitas atividades para fazer, o estudante se desconcentre e não tenha a menor de ideia de por onde começar. A meditação permite que ele tenha o domínio dos seus pensamentos, o que facilita a organização das tarefas diárias e escolares.

Aumenta a capacidade cognitiva

Um estudo realizado pela Harvard Medical School aponta que a meditação evita o envelhecimento precoce do cérebro, aumenta a capacidade de aprendizado e potencializa a capacidade de processamento e retenção das informações com as quais temos contato em nossa rotina. Portanto, os estudantes que meditam podem assimilar mais facilmente o que aprendem em sala de aula.

Como abordar a meditação na escola?

A prática da meditação pode ser uma grande novidade para muitos adolescentes. Por isso, para que a proposta seja bem aceita e se torne parte do ambiente escolar, é necessário tomar alguns cuidados específicos. Confira como proceder!

Explique como a meditação pode ser aplicada

Em primeiro lugar, é preciso conscientizar os estudantes sobre o que é a meditação e qual a sua importância para o desenvolvimento dos jovens. Para isso, é recomendado selecionar o tipo de meditação para a escola, visto que há diversas opções, como:

Esta última prática costuma ser a mais utilizada nas escolas. Ela ajuda o aluno ficar mais atento ao que está fazendo em cada momento, além de treinar a ‘’curiosidade’’, fazendo com que ele esteja mais aberto a novas situações sem julgá-la com antecedência. 

Estimule a prática da meditação com regularidade

A meditação só é eficiente quando praticada com regularidade. Assim sendo, a escola deve inclui-la na rotina dos discentes. É indicado reservar de 10 a 20 minutos todos os dias para a meditação, fazendo que os adolescentes se acostumem com ela e a transformem em um hábito natural.

Disponibilize um ambiente tranquilo

Dificilmente uma pessoa consegue se concentrar em um espaço com muito barulho e uma estrutura desconfortável. Levando isso em consideração, é crucial que a escola disponibilize um ambiente tranquilo e silencioso para que os alunos consigam meditar sem interrupções.

Também há que se oferecer tapetes e demais equipamentos próprios para meditação, o que possibilita que os estudantes fiquem em posições mais confortáveis. Desse modo, nada vai incomodar ou desviar a atenção e concentração dos jovens.

Conte com ajuda especializada

Muitas pessoas aprendem a meditar de forma autodidata. Mas, no contexto escolar é indicado contar com profissionais qualificados que possam aplicar as práticas de meditação de acordo com as necessidades dos estudantes. Os instrutores de meditação ajudam os adolescentes a canalizar melhor os seus pensamentos e, assim, tomar maior consciência de si.

Não é à toa que a meditação para ansiedade tem se popularizado. Trata-se de uma prática muito eficaz para rever pensamentos e ações, o que ajuda o moldar o comportamento das pessoas no presente e futuro. Na escola, o ato de meditar ensina os adolescentes a terem mais controle sobre as suas emoções, utilizando-as de forma adequada em cada momento da vida.

Gostou desse post? Assine a nossa newsletter agora mesmo e receba mais conteúdos exclusivos!