pesquisa de satisfação escolar

Com a concorrência a cada dia mais acirrada, melhorar a qualidade de ensino é uma preocupação cada vez mais presente na vida do diretor de escola. E com a intenção de mantê-la, fazer uma pesquisa de satisfação escolar passa a ser essencial.

Saber como anda a opinião de pais e alunos sobre a escola é um dos pontos mais relevantes, afinal, se eles não estiverem satisfeitos, ela está falhando em sua missão de educar com qualidade.

Você entenderá, a seguir, por que esta rotina de avaliação é tão importante em uma escola, descobrirá quais aspectos podem ser envolvidos em uma pesquisa de satisfação e aprenderá a aplicá-la. Continue conosco!

Por que manter uma rotina de avaliação?

É por meio de avaliações que um diretor escolar consegue acompanhar o desempenho de vários aspectos de sua escola. Esse acompanhamento é de extrema importância para garantir a excelência na qualidade dos serviços oferecidos por ela.

Mais do que zelar pela diminuição da taxa de evasão, o diretor tem a preocupação em proporcionar aos estudantes excelentes experiências de aprendizagem que os acompanharão por toda sua vida profissional e pessoal.

Essas avaliações devem ser frequentes e acontecer em todos os setores escolares. Para ser capaz de melhorar os procedimentos e a qualidade do ensino, é necessário conhecer quais são os pontos falhos e que precisam de atenção e mudanças.

Um dos indicadores de desempenho mais relevante para o ambiente escolar é saber como anda a satisfação dos pais e alunos.

Estudantes satisfeitos não querem mudar de escola e pais satisfeitos, além de se fidelizarem, fazem excelente propaganda da instituição de ensino, indicando-a para amigos e parentes.

Quais aspectos podem ser avaliados em uma pesquisa de satisfação escolar?

As pesquisas de satisfação servem para dar um direcionamento e estruturar melhor o planejamento estratégico. Além disso, indica quais atitudes devem ser tomadas para sanar problemas antes que eles se tornem grandes demais, e também, para envolver os pais na vida escolar do aluno.

Em geral, as pessoas gostam de sentir que suas opiniões são importantes. Isso faz com que se sintam respeitadas e valorizadas.

As pesquisas podem ser adaptadas a quaisquer necessidades da instituição de ensino ou público atendido. Com uma mistura de perguntas mais gerais e mais específicas, é importante que já existam respostas predefinidas para que a mensuração dos dados seja mais fácil e efetiva.

É interessante, ao final dela, deixar um espaço para a pessoa fazer algum comentário. Conheça abaixo quais aspectos podem ser avaliados.

Os cursos oferecidos

Se você não oferece todas etapas da educação básica, essa é uma boa maneira de saber se há interesse naquelas que não são oferecidas. Aproveite essa parte também para perguntar sobre as atividades extracurriculares.

A quantidade de vagas

O que acham sobre a quantidade de alunos por sala de aula? Mais vagas no período da manhã, ou da tarde? Lembre-se que a quantidade de vagas está limitada ao espaço físico da escola, e também tem um número máximo por sala permitido por lei.

As disciplinas oferecidas

Procure saber se eles acreditam que a quantidade de aulas de cada disciplina tem sido adequada e se existe alguma disciplina que poderia ser acrescentada.

As avaliações

Você pode perguntar se elas têm sido bem elaboradas, corrigidas dentro do prazo e se estão sendo utilizados vários métodos de avaliação.

O corpo docente

Você pode perguntar se a qualificação do professor está adequada, se ele parece engajado e motivado, se as aulas são bem preparadas e ministradas, se ele faz uso de recursos tecnológicos em suas aulas, se é pontual etc.

O material utilizado

Aqui cabem perguntas sobre o material didático, sua qualidade, aparência e atualização, e também sobre os equipamentos utilizados por professores e estudantes nas aulas — data show, equipamentos dos laboratórios, livros da biblioteca, plataformas de ensino etc.

Os recursos físicos

Como estão as instalações da escola? São arejadas e estão em bom estado de conservação? Estão adequadas aos estudantes? Uma estrutura adequada influencia o aprendizado e é fator decisivo na hora dos pais optarem por uma instituição de ensino.

Os recursos tecnológicos

Pergunte sobre quais recursos estão disponíveis — lousa digital, computadores, plataformas de ensino — e sobre a frequência do uso de tais recursos.

A direção escolar

Tão importante quanto todos os outros tópicos é saber como os pais e alunos têm visto a direção da escola. Está sempre presente, disponível, aberta ao diálogo e preocupada com a qualidade de ensino oferecida?

A satisfação

Você indicaria nossa instituição de ensino para outra pessoa? Essa pergunta não pode faltar, pois é ela que mostrará o grau de satisfação com sua escola, no geral.

Como aplicar uma pesquisa de satisfação escolar?

Quanto maior for a adesão à sua pesquisa, mais fiel será seu resultado. É importante que haja uma comunicação escolar eficiente e constante para que ela seja divulgada, bem como o prazo para sua resposta e envio.

Crie um questionário

Vimos que vários aspectos podem ser abordados em uma pesquisa de satisfação escolar, entretanto, lembre-se que ninguém gosta de “perder tempo” respondendo a duzentas questões!

Defina qual sua prioridade e foque nela. Você pode criar seu questionário com a ajuda de formulários do Google ou de plataformas de pesquisa como o SurveyMonkey.

Escolha um canal de divulgação

Atualmente, o mais comum é enviar a pesquisa via e-mail ou criar um link apropriado no site da instituição de ensino. A pesquisa em papel, além de gerar um custo, pode não parecer tão agradável de ser respondida, não ser devolvida por esquecimento e provocar uma menor adesão.

Se perceber que o prazo está chegando ao fim e a adesão ainda é baixa, reenvie o e-mail ou dispare mensagens lembrando da pesquisa e da sua importância para melhorar cada vez mais a qualidade da escola.

Você pode até deixar uma caixa de sugestões na secretaria ou portaria da instituição de ensino, mas não costuma ser tão eficiente quanto a pesquisa.

Mensure os dados

De nada adiantará elaborar e aplicar uma pesquisa se não houver uma avaliação dos dados recolhidos. Esses indicadores de qualidade mostrarão quais áreas estão bem e quais precisam ser melhoradas.

Caso use o Google Forms ou o SurveyMonkey, eles poderão ser mensurados usando essas próprias ferramentas.

Divulgue os dados e as providências a serem tomadas

Para que todos possam entender que a pesquisa foi séria, é fundamental que haja a divulgação do seu resultado. Quem não participou desta vez, se sentirá motivado a participar da próxima.

E, por fim, não esqueça de divulgar quais ações serão feitas a fim de melhorarem os pontos fracos que foram indicados na pesquisa. Afinal, é por esse motivo que ela foi aplicada.

Manter uma rotina de avaliação é de extrema importância para deixar a sua escola no rumo certo. Pode dar um pouco de trabalho, mas vale a pena. Trabalhar em pequenos problemas é mais fácil do que só saber deles quando muitos estudantes já foram embora.

Aplicar uma pesquisa de satisfação escolar fará com que os pais e alunos sintam que têm o poder de mudar aquilo que não está bom e que são importantes para a instituição de ensino, melhorando muito sua imagem.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, aproveite para ler nosso artigo sobre as 7 formas de melhorar a satisfação dos alunos da sua escola!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This